Dicas de decoração – Estilo High Tech

Uma pergunta que existe para todas as épocas é “como será o futuro?”. Na Era da Informação, estamos vivendo uma evolução tecnológica que há pouco tempo poderia ser descrita por alguns como impossível. Essas tecnologias podem ser integradas ao seu lar em exemplos como iluminação, vídeo, som, móveis inteligentes e inúmeros outros.

E para completar a modernidade da automação e sistemas multimidia, é possível trazer as tendências tecnológicas também na decoração. O estilo High Tech ou Futurista, tendência que se apresenta em lofts dos grandes centros urbanos, tem inspiração nas representações do “futuro” apresentadas nos filmes de ficção-cientifica em meados dos anos 1970 e traz sofisticação e composições com materiais considerados “inovadores”.

Para ambientes com esse estilo, o ideal é trazer formas geométricas bem acentuadas, utilizando materiais lisos como vidro, metal, plástico, vinil e aço, tanto nas paredes e divisórias, quanto no restante da composição.

As cores predominantes devem ser neutras, como o branco, cinza ou creme, as demais cores, inclusive o preto, devem ser utilizadas para acentuar ou demais detalhes, sendo também utilizadas na iluminação.

A decoração e a mobília quase se confundem, seguindo um padrão quase minimalista, os móveis devem apresentar formas diferenciadas com materiais que os destaquem. Na decoração o ideal é o uso de poucos itens, o ponto alto será a iluminação, que pode utilizar LED e neon para acentuar detalhes e trazer um estilo moderno ao ambiente, quadros, telas e esculturas também podem ser acrescentados.

Nas bancadas, tampos e louças dos ambientes, revestimentos como corian, o silestone e resinas, são muitos utilizados, sempre mantendo a modernidade.

Quer conhecer outros estilos de decoração? Acesse nossa página de Arquitetura e Decoração e fique por dentro.

Fontes: decoracao.me

wepick.com.br

deolhonobemviver.blogspot.com

Sustentabilidade no design de interiores

Ao contrário do que muitos esperam, o design de interiores sustentável não se resume apenas à decoração com peças e materiais recicláveis, mas deve pensar em toda a cadeia produtiva. Observando desde a extração da matéria prima, até seu reaproveitamento ou descarte. As vantagens de

Leia mais »
FALE COM UM CORRETOR